Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

RODRIGO Y GABRIELA, uma viagem perfeita entre Jimi Hendrix, jazz fusão e flamenco. É desta forma arrebatadora e surpreendente que a dupla conquista o mundo inteiro com atuações galopantes que deixam plateias extasiadas entre mestria técnica e emotividade na performance, e que farão também um momento único no EDPCOOLJAZZ.
MÁRCIA, as canções são o ponto de partida no trabalho de Márcia. Aliás, como alguém já a definiu: uma “artesã de canções”. A matéria-prima que vem produzindo conquista públicos muito diversos através de uma abordagem cool e pop, com toques de indie.
Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

THE PRETENDERS, uma banda incontornável e intemporal do panorama mundial da música e que marcou gerações com os seus êxitos mais aclamados pela crítica como “Packed!” (1990), “Last of the Independents” (1994), do qual fez parte a balada "I'll Stand by You", e “Viva el Amor”(1999).
RITA REDSHOES, Pop, feminino, pessoal. Este é o trilho que Rita tem seguido na sua carreira. Construção de momentos pop, como um toque feminino muito assumido e consistente. Os discos e as atuações ao vivo comprovam essa mesma “consistência” de quem tem seguro o caminho que trilha.
Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

MACEO PARKER, o músico e intérprete de renome internacional há quase cinquenta anos, distingue-se pela sua excecional musicalidade e habilidade, é um saxofonista inspirado e incansável e já deixou uma marca indelével na alma do funk e do jazz.
DA CHICK, amantes de música funk, R&B, soul e dança é para eles que a noite está anunciada. Da Chick dá o mote para uma dança de horas dentro de uma locomotiva funky.
Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

MARIA GADÚ, a cantora com a sua voz rouca e eclética junta influências de Samba, Afro-Beat e Funk a um talento inegável para a escrita de canções. Nesta grande noite no EDPCOOLJAZZ, Gadú vai trazer as suas canções cheias de sentimentos e que transmitem uma maturidade musical inequívoca.
FILIPE CATTO, já se teorizou sobre os mais improváveis cruzamentos: de Ney Matogrosso a PJ Harvey, de Oscar Wilde a António Variações, passando por Cazuza. O artista brasileiro é um dos nomes de uma vaga de músicos que pretende tomar conta do panorama da música popular brasileira.
Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

JORGE PALMA, traz aos Jardins um registo intimista num espetáculo singular, onde se poderão ouvir versões muito especiais das canções que já fazem indubitavelmente parte do nosso imaginário coletivo. Uma oportunidade única para (re)descobrir um dos mais relevantes compositores e intérpretes portugueses.
JAKE BUGG, o cantor e compositor considerado um mestre na mistura de géneros musicais impressos nas suas canções emotivas e que fazem dele um artista gigante da pop e do rock da atualidade.
Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

LUÍSA SOBRAL, é umas das compositoras e cantoras mais importantes da nova geração de músicos portugueses, e representa um desses raros casos de “amor à primeira canção”. A sua voz doce e jovem transmite às suas canções um blues e folk tão característico e revelador de uma maturidade criativa, muito à frente da sua idade.
JAMIE LIDELL & the Royal Pharaohs, a poderosa banda de sete elementos que inclui entre outros elementos o baixista Owen Biddle, dos The Roots, e o baterista Daru Jones, que colaborou recentemente com Jack white.
Jamie CullumBILHETE
ABERTURA PORTAS 19:OOH - CONCERTO 21:30H

JAMIE CULLUM, o carismático e versátil músico inglês, regressa depois de em 2013, mais uma vez, ter marcado presença no EDPCOOLJAZZ, numa edição muito especial que celebrou o 10º aniversário e o consolidar de uma marca e conceito único de festival que se afirma cada vez mais no panorama musical de Portugal.

BEATRIZ PESSOA, a definição jazz-pop tem certamente várias leituras, mas no caso de Beatriz Pessoa é realmente o ponto de partida. O repertório é feito de um universo de canções sofisticadas de quem tem na matriz jazz o início para a construção de músicas pop de voz de veludo.